Assim como diversos setores da sociedade, o mercado imobiliário sofreu com os impactos causados pela pandemia. Mas a previsão é de que 2022 seja um ano positivo!

O mercado imobiliário curitibano já vinha registrando bons números em 2021, de acordo com os dados da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR) e da Brain Inteligência Estratégica. O número de liberação de alvarás para novas unidades residenciais, por exemplo, saltou para 150%, em comparação com 2020. Além disso, de janeiro a setembro de 2021, a venda de unidades residenciais aumentou 42,2%.

Por este motivo, as apostas são altas para 2022. Recentemente, a Ademi-PR e a Brain Inteligência Estratégica divulgaram um novo estudo sobre as perspectivas do mercado imobiliário de Curitiba para 2022. De acordo com os dados, a previsão é de que este ano seja marcado por um ritmo intenso de lançamentos. Outro ponto destacado é a popularidade dos bairros Bigorrilho e Batel, que se tornarão ainda mais valorizados. Neles, estão sendo construídos apartamentos de alto padrão, em edifícios baixos.

A procura pela qualidade de vida é outro ponto que interfere nessa tendência, já que Curitiba vivencia o movimento “Fly To Quality”, que é o processo de busca por novos espaços que possuam maior qualidade.

Por último, os dados apontam que os empreendimentos voltados para nichos específicos farão sucesso em 2022, como os residenciais estudantis, os prédios comerciais para médicos e os apartamentos que são construídos exclusivamente para locação. Ou seja, o mercado imobiliário curitibano tem grandes chances de alavancar esse ano. Para saber mais novidades sobre o setor, acompanhe a Treèle Construtora nas redes sociais!