Nem sempre é fácil lidar com tantos termos técnicos e burocráticos na hora de comprar um imóvel. Mas não tem para onde correr, é necessário conhecê-los. O Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), por exemplo, é super importante, mas você sabe do que se trata?

Ele é um tributo obrigatório que é cobrado das pessoas que estão comprando um imóvel. Ou seja, o ITBI é o que permite a transmissão da propriedade para o novo dono. Isso é válido até mesmo para casos onde a compra é feita na planta. Nessas situações, o imposto só é pago depois da entrega. Se o comprador não quitar o ITBI, a documentação não é liberada.

É bom destacar que o ITBI não precisa ser pago se a aquisição da propriedade ocorrer por meio de herança ou doação. Nesses casos, o tributo que deve ser quitado é o Imposto Sobre Transmissão “Causa Mortis” e Doação (ITCMD), que é cobrado pelo governo estadual.

Quanto vou pagar de ITBI?

O cálculo é feito com base no valor de mercado do imóvel e na alíquota do imposto definida pelo município, que varia entre 2% e 3%. Em Curitiba, por exemplo, a alíquota é de 2,7%, atualmente. Vale lembrar que o tipo da propriedade imobiliária, a localização e o tamanho do imóvel, são características importantes que vão influenciar no cálculo do ITBI. Também é válido destacar que os imóveis que fazem parte de programas de subsídio ganham desconto no tributo.

E aí, conseguimos te explicar o que é o ITBI? Para saber mais sobre o processo de compra de imóveis, continue acompanhando o nosso blog.