A Biofilia na arquitetura busca criar espaços que reflitam a conexão com a natureza, visando melhorar o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas que utilizam esses ambientes.

Por esse motivo, arquitetos e construtoras estão cada vez mais incorporando elementos biofílicos em seus projetos, valorizando o benefício promovido pelo contato com a natureza.

No artigo a seguir vamos te explicar mais sobre a biofilia e como esse conceito está transformando o estilo de morar.

 

 

O que é a biofilia?

A biofilia na arquitetura refere-se à incorporação de elementos naturais e ambientes vivos em projetos arquitetônicos.
Essa abordagem é baseada na ideia de que os seres humanos têm uma conexão própria com a natureza, e de que a presença de elementos naturais em espaços construídos pode promover o bem-estar e melhorar a qualidade de vida.

 

O que é Design Biofílico?

É uma abordagem no campo do design que se baseia nos princípios da biofilia. A ideia do design biofílico é criar espaços que recriem a sensação de estar em contato com a natureza.

No design biofílico pode-se incluir a criação de jardins internos, paredes verdes, telhados verdes, uso de materiais sustentáveis e renováveis, espaços de convivência ao ar livre, integração de elementos naturais nos espaços interiores como pedras, madeira e água.

 

Vantagens de utilizar a biofilia nas construções

Por estar totalmente ligada ao bem-estar, o uso da biofilia ou design biofílico está em alta porque incentiva e melhora o contato entre as pessoas e a natureza no contexto urbano, proporcionando uma melhora na qualidade de vida.

Isso garante bem-estar e reduz os impactos ambientais, pois sua principal característica é valorizar os recursos naturais através da utilização de plantas, melhor aproveitamento da luz natural nos projetos e como resultado temos prédios e ruas cada vez mais arborizados, mais frescos, com mais claridade e mais sustentáveis.

Estudos têm mostrado que a presença desses elementos biofílicos pode reduzir o estresse, melhorar a saúde, aumentar a produtividade, estimular a criatividade e promover uma sensação geral de bem-estar.

A fim de destacar ainda mais os benefícios da aplicação da biofilia, vamos explorar alguns tópicos a seguir:

 

Vegetação

Ao discutirmos elementos naturais, é comum pensar em plantas como a primeira associação. Elas são uma prova viva da nossa inegável conexão com a natureza.

Integrar vegetação à arquitetura e trazer o verde para os ambientes proporciona diversos benefícios, além de purificar o ar e melhorar a qualidade dos espaços.

No entanto, é importante ressaltar que o design biofílico vai além de simplesmente adicionar plantas.

 

Iluminação Natural

A iluminação natural nos ambientes oferece uma série de benefícios significativos para o bem-estar das pessoas, que vão desde a saúde física a sustentabilidade.

A luz natural adequada durante o dia ajuda a promover um sono melhor à noite, melhora o humor, aumenta a energia e reduz o estresse.

Além disso, aproveitar ao máximo a iluminação natural faz com que reduza significativamente a dependência de iluminação artificial durante o dia, ou seja, menos lâmpada acesa em casa. Isso resulta em economia de energia elétrica.

 

Ambientes arejados

Ambientes bem arejados permitem a circulação adequada do ar, ajudando a manter uma temperatura agradável, levando a uma maior eficiência energética e conforto.

A iluminação natural em conjunto com ambientes bem arejados promove a melhor circulação de ar, reduz a umidade acumulada e aumenta a evaporação da água.

Isso pode prevenir a formação de condições favoráveis ao crescimento de mofo.

 

TJM 526 e a biofilia

No TJM 526 utilizamos os conceitos da Biofilia para desenvolver uma fachada encantadora com plantas o que proporciona o contato com a natureza e auxilia o conforto térmico, além de ser uma novidade na região do Capão Raso, em Curitiba, valorizando ainda mais a região.

O aproveitamento da iluminação natural também se faz presente nesse projeto, pois utilizamos janelas amplas que proporcionarão um ambiente mais claro e com ventilação natural.